segunda-feira, 30 de agosto de 2021

Palavras de Amor

 




Minhas palavras de Amor são puras,

Condensadas no "eu te amo" , afetuosas,
Minhas manifestações de Amor  são objetivas,
Condensadas em ardentes presenças,
Minhas provas de Amor são cristalinas,
Condensadas em telas espontâneas,

💙💙

Minhas palavras de Amor são em gestos,
Expressadas em momentos ternos,
Minhas ternuras de Amor são apreços,
Expressadas nos endereços certos,
Minhas brasas de Amor são de sadios afetos,
Expressadas com ardores não desfeitos.

💙💙

Minhas palavras de Amor são honestas,
Professadas com todas sutilezas,
Minhas juras de Amor são  amorosas,
Professadas de maneiras belas,
Minhas facetas de Amor são sinceras,
Professadas em doces quimeras.

💙💙



O Amor é o perfume das almas.
(Dom Helder Câmara)




quinta-feira, 26 de agosto de 2021

Memórias II💙💙

 




Um homem sozinho pode ser vencido, mas dois conseguem defender-se. 
Um cordão de três dobras não se rompe com facilidade.
Ecl 2,12





Que saudade de tudo que vivemos!

Passaram-se um Verão, um Outono...
Já vem chegando a Primavera.

O isolamento de tudo e de todos,
o apartamento tão grande, 
fizeram-me passar em lágrimas 
sufocadas, não reprimidas.

A cada acordar, 
ainda olho para o céu azul,
converso com as nuvens, 
recebo energia. 

Seguro-me firme, 
faço de conta que tudo está bem...
Para o papel eu não disfarço.

Choro a cada contemplação do céu, 
parece inundar meu ser por fora,
pelo meu mundo  interior. 

Tem algo de misterioso, 
elas brotam como água da fonte... 
Como num passe de mágica, 
abruptamente.

Emociono-me 
a cada contemplação do mar,
há lavagem da areia 
pelas águas azuis,
do meu rosto,
pelas águas salgadas...

A cada entardecer, 
o pôr-do-sol é envolvência,
abre em meu 💙 uma nostalgia...
Como num passe de mágica, 
repentinamente.

A noite se adentra feroz,
escuridão e silêncio atroz...
Matizes de insulamento 
adentram minh'alma,
Como num passe de mágica, 
solitariamente.



O papel tem mais paciência do que as pessoas“.
(Anne Frank)



sábado, 14 de agosto de 2021

Seduza-me!

 


Meu amor,  quero que me seduzas

Com dulcíssimos carinhos me induzas

Ao êxtase desejado, entre as  carícias,

Sejam teus beijos as minhas delícias.

💙

No auge da nossa paixão, suspiros, ais,

Aqueçam nosso leito de Amor, com mais

Desejo inebriante desse terno bem-querer

Sadio, quente, colorindo todo nosso viver.

💙

Um ardoroso e gostoso momento temos,

Nossos corpos se incendeiam ao máximo.

Dá vida, numa luta renhida de sobreviver

Ao caos dos dias duros, ameniza dores.

💙

Como  é bom amarmos e sermos amados,

Difere de tensão, vida insalubre; é préstimo

À felicidade, colorindo para não se perecer,

Enche nossos dias de mimos tão doces.




quarta-feira, 11 de agosto de 2021

Inesquecível Amor Afeto

 


💙 Norma 💙




Parabéns pela perseverança, doze anos não são doze dias...
Seu blog contém um teor significativo para mim, que sempre batalhei pela grande  família reunida e não  pude realizar este meu sonho na integralidade. Minha família é muito pequenina hoje em dia.
Continue entre nós a nos edificar e enriquecer por longos anos além dos doze que hoje você comemora, querida amiga.
Seja muito feliz e abençoada!

("Apesar de perdas preciosas entre nós".)
-Palavras da Norma-


"Vou amando até que seja impossível dar errado."


Proposta da querida amiga Norma:

Um acontecimento significativo, dos últimos tempos, que trouxe ao seu coração um pouco de paz e/ou alegria com o título Recordar.


Eis minha participação com carinho:

Recordar o Amor

É Dom extraordinário o Recordar, 
Memória fotográfica a me assediar,
Não posso lembrar, sem emocionar,
Da alegria de te Amar, nos renovar.

Em estado de vigília o sentimento,
Relembrar do lindo encantamento.
Percepções, impressões, sensações
Fazem emoções em minhas fibras.

Recordar é viver, pôr no coração
Impregnado na memória, doação.
Não pus ao relento, me agasalha,
Real Amor não palha, é fornalha.

Vive em mim por inteiro, o Amor
Abriga, envolve-me na delicadeza,
 De tanta gentileza outrora recebida
Esquecer? Nunca! , no fervor.
💙

O Amor é imortal!
Você pode negá-lo,
sufocá-lo,
enterrá-lo,
mas ele jamais morre.
Ele vive que seja em sonhos.
(Augusto Cury)


Para sempre, meu amado.
(Sete meses de muita saudade e muitas recordações lindas)

P.S. Por achar concernente, ouvi o texto abaixo no final da semana e fiz algumas adaptações no original, entremeando com minhas sensações e emoções pessoais.
💙

O Amor não acaba, não é verdade que ele acaba, se transforma, muda, mil anos se passem... eu penso e sinto que, se acontecer algo com quem se ama, o filme na nossa vida se dá, vendo-nos juntos, em tantos momentos felizes,   inacessíveis alguns, distantes outros, nossas lembranças só nossas, nossa coragem de sermos felizes, enquanto pudemos, nosso “salto sem rede” .que se chama Amor.

Você foi embora de tantas formas, muitas vezes, eu olhava em seus olhos e sentia que me escapulia para que eu não sofresse tanto como agora estou...

Jamais pudemos viver nosso tudo, passaram-se doenças, males e ultrapassamos tudo... Mas demo-nos nosso tudo possível.

Tudo ficou para trás, da mesma história, da mesma vida, do mesmo sentimento Amor...

Nos dois juntinhos, cruzando os mesmos limites e como num rio, fomos navegando e remando contra a maré...

Eu e você precisávamos ser fortes, para não sufocarmos tanto Amor reprimido e entrecortado pelas distâncias, ausências necessárias, por tudo o não vivido por impossibilidades...

Agora, eu do lado de cá e você do lado de lá... 

Lembranças, sonhos juntos ficaram no passado, só no tempo e bem vivas em meu 💙.

Agora, vivemos em mundos diferentes... mas nos amando,  você que se deixou amar e me amou, sem reprimir porque não se pode sufocar o Amor sem extravasar, ainda que não queiramos, o que não foi o caso, a vontade foi mútua.

A maldade nos afogou... porém nem a morte do físico jamais apagaria nosso Amor tão lindo.

Nossas urgências ainda existem em mim, mas não mais podemos nos amar...

Foram mortas pelas costas...

Lindo demais foi o tempo que vivemos  juntos e felizes!

Embora hoje,  lágrimas me restaram e o tal sofrimento que você não queria que eu passasse, meu amado... tenho boas recordações inesquecíveis e intensas. Com elas, ainda tenho muito bons momentos de paz e alegria Interior, como em nosso primeiro passeio num sábado pela Praia dos Namorados. Que manhã tão linda, meu Deus! Tanta emoção do nosso momento inaugural.

Para Você e por Você que me trouxe "um  pouco (muito) de paz e alegria"... eternamente.

Foi muita felicidade para ser guardada com todo carinho na história da minha memória afetiva... para sempre.




sábado, 7 de agosto de 2021

Onírico Amor 💙

 





💙 Marta Vinhais 💙

(Participando do Desafio do mês)

Mais um dia saudosamente vivido. A poesia mata um tico da minha sede de ser amada, de te Amar.

Meu sonho de Amor,venha para mim, carinhosamente!

Ama-me sutilmente.

Quem me dera que chegasses ao meu lado, candidamente, sem peso e rede, livre e,  levemente, com carinhos  concernentes.

Meu sonho de Amor, viaja para mim, eternamente!

Acarinha-me docemente.

Venha matar minha sede, oniricamente, marca-me, imprima teu Amor em mim, deixa-me saciada com brandura, me ama docemente.

Meu sonho de Amor,  voa para mim, efusivamente!

Queira-me ternamente.

Peço aos anjos que façam sinfonia, eu proponho, que entre águas do córrego, pedras e jasmins, se faça como cortejar amantes, acendam-nos com chamas, ardentemente.

Meu sonho de Amor,  corra para mim, efetivamente!

Gosta-me intensamente. Visto que te necessito perdidamente.

💙

Carinhosamente, escolham uma palavra e falem sobre ela delicada, amorosamente.

Declarem-se ternamente, apaixonem-se loucamente...

O vosso texto deverá ter, pelo menos, duas palavras terminadas em " mente" ....

💙


"Aprendi que devemos deixar sempre as pessoas
que amamos com palavras amorosas. 

Pode ser a última vez que a vejamos". 

Interagiu comigo a amiga Valéria:

Infinita(mente) belos e plenos de amor, seus versos, querida!
Emocional(mente) tocaram -me a alma e coração!
A imagem, doce(mente) alegrou o meu ser...
O vídeo deixou-me apaixonada(mente) sensibilizada!




Romance à Moda Antiga -Dueto Amoroso Poema 9

  Quanta coisa cabe num olhar. É  tão expressivo, é  como falar.  (Clarice Lispector)    Eis que chegou a sexta-feira esperada por vocês par...