domingo, 18 de fevereiro de 2024

Namorofobia





Estamos cada vez mais arredios a titulo de namorar, mesmo que, na prática, namoremos.

ALGO MUITO ESTRANHO.

Seres humanos frequentam as casas, mas não admitem o estado de namorado.

Quando o relacionamento vai ficando sério, pedem um tempo... que é  para não gerar compromisso. 

O ficar é  mais descompromissado.

Namorar é  leve, bom, gostoso. Interessar-se pelo outro. Ligar para saber se está bem pode ser saudade e não cobrança...

Medo de compromisso, de responsabilidade, de gostar... tem sido uma constante ameaça ao namoro. 

Implica respeito, carinho, cuidado. 

O ficar pode ir para a cama num dia e fingir que nem conhece no outro. 

O outro passa a ser mais um número no rol das experiências sexuais e só. 

O ficante perde o mais bonito: a cumplicidade.








14 comentários:

  1. Uma pena que se perca o namoro, fase tão linda das vidas! Aqui tenho os netos, jovens que ainda valorizam o namorar e são apaixonados,rs..Coisa boa!
    Nem os casados, mesmo após anos e anos juntos, podem perder essa magia!
    Lindo fds! beijos, tudo de bom

    ResponderExcluir
  2. Amar é dar-se, mas o que descreve ão tem nada a ver com o sentimento de pura dádiva.
    Abraço de fraterna amizade.
    Juvenal Nunes

    ResponderExcluir
  3. Olá, amiga Roselia, quanto ao namoro você tem toda a razão. A negativa no namoro já vem acontecendo há anos no Japão. Além disso, os japoneses não quere, mais casar, pois acham que a vida de solteiro é melhor. Eles se fixam muito no trabalho e nos estudos, tanto os homens quanto as mulheres.
    Será que chegaremos a isso? Prefiro que não.
    Uma ótima semana, com muita paz.
    Abraços, amiga.

    ResponderExcluir
  4. Olá, querida Roselia!
    Pois é, amiga, é incompreensível isso, é linda a fase do namoro,
    do noivado, e enfim o casamento. As últimas gerações não sabem o que é isso, falta amor, delicadeza, um foco verdadeiro daqueles que se amam! Está muito bagunçado os relacionamentos, é que somos de outra época, amiga, mas não muito longe dessa que costumamos a ver... enfim, é isso aí.
    Beijinho, querida, gostei muito da postagem.

    ResponderExcluir
  5. O namoro é uma coisa muito importante na vida amorosa de cada pessoa. Sei que hoje está tudo mais complicado, mas ainda há pessoas que namoram a vida inteira.. Gostei que tivesse levantado esta questão.
    Uma boa semana.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  6. Rosélia, a melhor parte de um relacionamento é a época do namoro, onde aprendemos a conhecer melhor o outro para poder, futuramente, construir uma vida em comum. Uma pena que nos dias de hoje, tudo esteja tão vazio, onde até os namoros n!ao perduram...
    Excelente reflexão querida!! Pena que não consegui ouvir a canção...
    Beijos e uma semana de paz...

    ResponderExcluir
  7. O namoro é a fase da paixão, do encantamento exacerbado, do desejo insatisfeito. Mas é também, a fase do conhecimento mútuo, da descoberta de afinidades e interesses, de manifestação de carinho e afecto, de avaliação da seriedade ou toxicidade da relação.
    Saltar a fase do namoro é uma modernice sem sentido. Digo eu, que namorei, casei e continuo namorando... com o meu marido.
    Beijo carinhoso, querida amiga.

    ResponderExcluir
  8. Estou com você, Rosélia, e na contramão dessa tendência: acho que é preciso namorar todos os dias, para conhecer a felicidade! Meu abraço, amiga; boa semana!

    ResponderExcluir
  9. A fase do namoro é linda, em que o conhecimento do outro é algo de maravilhoso. Quando existe amor é assim que deve acontecer.
    Desejo-lhe saúde, amiga Rosélia, e boa disposição.
    Beijinhos
    Olinda

    ResponderExcluir
  10. Bom dia, Rosélia
    Ótima reflexão, o namoro é uma fase importante do relacionamento, depois o noivado e o casamento, um forte abraço.

    ResponderExcluir
  11. Boa noite Amiga,
    Uma reflexão bem interessante sobre o namoro.
    Hoje é tudo diferente e muitos jovens adultos já não namoram. Preferem sua independência focando-se no trabalho ou nos estudos.
    Por outro lado penso que devido ao facto de haver um número elevado de divórcios não querem arriscar um relacionamento.
    Uma pena que assim seja.
    Beijinhos carinhosos e um fim de semana muito abençoado.
    Emília

    ResponderExcluir
  12. Olá :)
    Faz algum tempo deu uma reportagem na televisão que falava que cada vez mais os jovens, não namoravam, não se comprometiam, não criavam romance.
    O trabalho, os estudos e acima de tudo as redes sociais era a causa principal
    Penso que o maior problema é mesmo as pessoas não se quererem partilhar, se quererem cuidar.
    É triste que assim seja, pois o namoro é um período crucial na vida de um casal.
    Gostei muito desta publicação.
    Abraço e brisas doces ***

    ResponderExcluir

Cicatrizes de Amor

                  Tenho a janela do meu coração fechada. Os segredos continuarão enterrados. Sei bem como é perder o viço contra nossa vont...